Antes de resumir texto, é importante ter uma boa compreensão daquela produção textual específica. Por isso, em qualquer contexto, a interpretação pessoal será um ponto de partida para a construção do resumo.

O que significa resumir texto?

O ato de resumir um texto significa reduzi-lo de forma quantitativa, ou seja, manter a ideia central através de um número menor de palavras.

No entanto, para seguir o objetivo de manter o tema central da pauta, é fundamental, em primeiro lugar, saber identificar que tema é esse. Além disso, é importante observar quais os dados apresentados e quais as palavras-chave do texto.

De modo geral, o objetivo de um resumo é permitir que o conteúdo apresentado em um texto possa ser absorvido em um tempo menor de leitura. Os resumos podem ser indicativos, informativos ou críticos. 

O resumo indicativo é aquele que destaca os pontos principais do argumento de um texto. Um exemplo são os resumos de propaganda ou exposições breves de uma obra.

Já o resumo informativo necessita um conhecimento mais aprofundado da obra a ser resumida porque precisa transmitir ao leitor o maior número de informações possíveis. 

Os resumos de ordem acadêmica são um ótimo exemplo desse modelo de resumo, tanto em termos de estrutura quanto de informações apresentadas. 

Finalmente, o resumo crítico, também chamado de resenha crítica, também exige um conhecimento mais aprofundado sobre o assunto em questão. A diferença é que aqui deve-se associar os fatos e informações com uma visão pessoal de quem escreve. 

Em que contexto a interpretação pessoal se torna importante para fazer um resumo?

Resumir Texto: A Importância da Interpretação Pessoal

Tanto nos resumos informativos quanto nos resumos críticos é necessário que o autor do resumo tenha uma boa compreensão da produção textual, assim como de seu contexto.

Isso tornará mais fácil o seu ato de resumir texto. Isso porque ele terá um ótimo domínio dos argumentos importantes, das informações que não podem ficar de fora e das palavras que são relevantes para a sua construção. 

Portanto, uma condição essencial à construção de qualquer tipo de resumo é uma leitura aprofundada e atenciosa do texto em questão. 

É impossível resumir um texto de maneira eficiente sem ter realizado uma leitura prévia. Muitas vezes, é recomendável ler o mesmo texto mais de uma vez antes de iniciar o resumo. 

No caso dos resumos críticos, a interpretação ganha uma conotação ainda maior. O leitor desse tipo de conteúdo busca justamente por uma validação e exposição pessoal do autor do resumo. 

Por isso, é fundamental que o autor consiga associar bem os argumentos e descrições do conteúdo da obra com as suas opiniões e visão pessoal. 

Nesse caso, além dele contar com a interpretação para avaliar e identificar quais os pontos principais do argumento, precisa também expor o seu ponto de vista individual sobre a obra em questão. 

A questão da interpretação também é importante mesmo em outros estilos de resumo. Afinal de contas, não necessariamente duas pessoas diferentes vão destacar as mesmas informações em um resumo, de forma exata.

É claro que, especialmente em contextos de trabalhos escolares e acadêmicos em formato de resumo, o professor espera que os pontos e argumentos principais no texto estejam presentes no resultado.

No entanto, é natural que em relação às informações secundárias ou até mesmo na forma de redação, ocorram diferenças no modo de resumir texto de cada pessoa. 

Como fica a questão da interpretação associada ao uso da tecnologia de resumos de texto?

Hoje em dia, existem diferentes tipos de recursos tecnológicos que tornaram mais fácil o ato de construir um resumo do zero. Desde aplicativos voltados especificamente para isso a sites com a função de resumidor, há diversas alternativas.

A automatização de resumos com uso de Inteligência Artificial, em si, não necessariamente é algo negativo. Esse tipo de facilidade pode ser muito útil na otimização de tempo de estudantes universitários ou pessoas que estudam para atingir um objetivo específico, como uma aprovação em prova ou concurso.

Contudo, mesmo se você utilizar ferramentas de resumir, é importante que leia o texto antes. Só assim você saberá avaliar se o resultado final do resumo é satisfatório em relação às suas necessidades. 

Sem ter lido o texto de forma prévia, será mais difícil identificar se a IA conseguiu destacar os argumentos principais da produção textual. Além disso, em termos de estudo, o aproveitamento do resumo será melhor se você já tiver um bom conhecimento do texto.

Assim, mesmo para quem usa recursos tecnológicos para resumir texto, a interpretação pessoal continua sendo um aspecto importante dessa atividade. 

Deixe um comentário